Revisão da recuperação de sementes crioulas no Brasil: aportes para uma educação sobre o sistema agroalimentar

Contenido principal del artículo

Óscar Emerson Zúñiga Mosquera
Danielle D. Pereira

Resumen

Este trabalho teve como objetivo caracterizar os processos de implantação e gestão de tecnologias para a conservação local das sementes crioulas. As sementes crioulas representam uma importante alternativa para agricultores, visto que resultam de um processo longo de adaptação a diferentes condições edafoclimáticas, também são importantes para os consumidores, pois é garantia de biossegurança e segurança alimentar. O uso das sementes crioulas vem sendo fortalecidas pelos movimentos e instituições vinculados à agroecologia, assim como as famílias de agricultores, que ao longo dos tempos vem conservando-as, com diferentes tecnologias. Consideramos que os temas vinculados ao sistema agroalimentar podem ser importantes para o ensino da ciência.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Cómo citar
Zúñiga Mosquera, Óscar E., & Pereira, D. D. . (2020). Revisão da recuperação de sementes crioulas no Brasil: aportes para uma educação sobre o sistema agroalimentar. Revista De Educación En Biología, 23(1), 119-132. Recuperado a partir de https://revistas.unc.edu.ar/index.php/revistaadbia/article/view/24451
Sección
Revisiones, reseñas y comentarios

Citas

Araújo, S., Nunes, F., Lima, W., Silva, V., Silva, E. y Santos, A. (2011). Avaliação participativa de variedades crioulas de milho com os agricultores familiares do Cariri Paraibano. Cadernos de Agroecologia, 6(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/11656/8541.

Araújo, S., Morais, R., Morais, R., Nunes, F., Costa, C. y Santos, A. (2013) Guardiões e Guardiãs da Agrobiodiversidade nas regiões do Cariri, Curimataú e Seridó Paraibano. Cadernos de Agroecologia, 8(2). https://core.ac.uk/download/pdf/45521067.pdf

Barbosa, L., Lima, R., Vieira, A., Silva, M., Santos, W. y Marini, F. (2011). Resgate das sementes crioulas e estratégias para a manutenção da agrobiodiversidade no Estado da Paraíba. Cadernos de Agroecologia, 6(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/10662/7273.

Carpentieri-Pípolo, V., Souza, A., Silva, D., Barreto, T., Garbuglio, D. y Ferreira, J. (2010). Avaliação de cultivares de milho crioulo em sistema de baixo nível tecnológico. Acta Scientiarum: Agronomy, 32(2): 229-233. https://doi.org/10.4025/actasciagron.v32i2.430.

Creswell, J. (2007). Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto (2ª ed.). Porto Alegre: Artmed. https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4573912/mod_resource/content/1/Creswell.pdf

Coelho, C., Zilio, M., Souza, C., Guidolin, A. y Miquellutti, D. (2010). Características morfo-agronômicas de cultivares crioulas de feijão comum em dois anos de cultivo. Semina: Ciências Agrárias, 31(1): 1177-1186. http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/view/2714/6918

Delwing, A., Franke, L. y Barros, I. (2007). Qualidade de sementes de acessos de melão crioulo (Cucumis melo L.). Revista Brasileira de Sementes, 29(2): 187-194. https://doi.org/10.1590/S0101-31222007000200025

Feijó, C., Antunes, I., Beviláqua, G., Eichholz, C. y Grehs, R. (2013). O conhecimento tradicional em sementes crioulas: uma experiência vivenciada na Terra Indígena Guarita. Cadernos de Agroecologia, 8(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/viewFile/14376/9040

Ferreira, J., Moreira, R. y Hidalgo, J. (2009). Capacidade combinatória e heterose em populações de milho crioulo. Ciência Rural, 39(2): 332-339. https://doi.org/10.1590/S0103-84782008005000058

Franco, C., Corlett, F. y Schiavon, G. (2013). Percepção de agricultores familiares sobre as dificuldades na produção e conservação de sementes crioulas. Cadernos de Agroecologia, 8(2). http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/14428/9021

Gomes, M. y Silva, M. (2013). Assentamento 26 de Março: Resgatando e Disseminando Sementes Crioulas. Cadernos de Agroecologia, 8(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/13873/9736

Lakatos, E. y Marconi, M. (2007). Fundamentos de metodologia cientifica. (2ª ed). São Pulo: Atlas.

Mattar, E., Oliveira, E., Nagy, A., Araújo, M. y Jesus, l. (2011). Resgate de sementes crioulas de feijões cultivados na Microrregião de Cruzeiro do Sul, Acre, Brasil. Cadernos de Agroecologia, 6(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/11012/7591

Minetto, M. (2013) Mostra e troca de sementes crioulas em Santo Ângelo/RS. Cadernos de Agroecologia, 8(2). http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/issue/view/72

Nerling, D., Munarini, A., Dal Mas, V., Santos, E. y Reginatto, C. (2013). Conservação e multiplicação de sementes crioulas e varietais pelos camponeses do Movimento dos Pequenos Agricultores de Santa Catarina. Cadernos de Agroecologia, 8(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/13655/9199

Pelwing, A., Frank, L. y Barros, I. (2008). Sementes crioulas: o estado da arte no Rio Grande do Sul. Revista de Economia e Sociologia Rural, 46(2): 391-420. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20032008000200005

Peñaloza, A., Costa, J., Nunes, C., y Burle, M. (2012, setembro 24 a 28). Coleta de germoplasma de leguminosas no Semi-Árido do Estado da Bahia [Resumo da apresentação da conferência]. II Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, Belém, PA, Brasil. http://www.alice.cnptia.embrapa.br/handle/doc/935867

Pessenti, I., Heberle, I., Coelho, C. y Souza, C. (2013). Qualidade fisiológica de sementes de feijão crioulo produzidas em sistema orgânico ou convencional e armazenadas em condições controladas. Cadernos de Agroecologia, 8(2). http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/issue/view/72

Priori, D., Barbieri, R., Castro, C., Oliveira, A., Vilella, J. y Mistura, C. (2012). Caracterização molecular de variedades crioulas de abóboras com marcadores microssatélites. Horticultura Brasileira, 30(3): 499-506. https://doi.org/10.1590/S0102-05362012000300024

Reiniger, L., Muniz, M., Vielmo, G., Costabeber, J., Wizniewsky, J. y Silveira, P. (2011). Ações de extensão, ensino e pesquisa relacionadas às cultivares de milho crioulo realizadas pela Associação dos Guardiões de Sementes Crioulas de Ibarama – RS, EMATER e UFSM. Cadernos de Agroecologia, 6(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/11587/8434

Ribeiro, N., Antunes, I., Poersch, N., Rosa, S, Teixeira, M. y Gomes, A. (2008). Potencial de uso agrícola e nutricional de cultivares crioulas de feijão. Ciência Rural, 38(3): 628-634. https://doi.org/10.1590/S0103-84782008000300006

Santos, S. A., Silva, E. D., Marini, F. S., Silva, M. J. R., Francisco, P. S., Vieira, T. T. y Curado, F. F. (2012, setembro 24 a 28). Rede de bancos de sementes comunitários como estratégia para conservação da agrobiodiversidade no estado da paraíba. [Resumo da apresentação da conferência]. II Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos, Belém, PA, Brasil. https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/946247/1/1782.pdf

Silva, M., Barbosa, L., Leite, J., Marini, F., Silva, E. y Santos, A. (2011). Campo de multiplicação de sementes crioulas: estratégia para autonomia de agricultores (as) no Estado da Paraíba, Brasil. Cadernos de Agroecologia, 6(2). http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/11648/8062

Souza, I., Assunção, H., Lima, T., Carvalho, L. y Queiroz Junior, V. (2011). Sistema para gerenciamento banco de sementes crioulas. Cadernos de Agroecologia, 6(2). http://www.aba- agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/11437/7924

Tozzo, G. y Peske, S. (2008). Morphological characterization of fruits, seeds and seedlings of pseudima frutescens (aubl.) radlk. (sapindaceae). Revista Brasileira de Sementes, 30(2), 12-18. https://doi.org/10.1590/S0101-31222008000200002

Vasconcelos, J. y Mata, M. (2011). Casas de sementes comunitárias: estratégias de sustentabilidade alimentar e preservação da biodiversidade no semi-árido cearense. Cadernos de Agroecologia, 6(2).

http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/cad/article/view/10619/7217