Redes de ICTs de apoio à inovação em Micro e Pequenas Empresas no Brasil: um panorama das experiências de política recentes

Autores/as

  • Marcelo G. Pessoa de Matos Instituto de Economia - Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE-UFRJ)
  • Larissa Vasconcelos de Almeida Instituto de Economia - Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE-UFRJ)
  • Pedro de Assis Coelho da Rocha Instituto de Economia - Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE-UFRJ)
  • Kenia Braga Instituto de Economia - Universidade Federal do Rio de Janeiro (IE-UFRJ)

Resumen

Este estudo parte dos desafios enfrentados pelas micro e pequenas empresas para inovarem e explora o potencial de políticas sistêmicas de inovação contribuírem para sua superação. Especificamente se analisa as iniciativas recentes de estruturação de redes de Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) com a missão de apoiar a inovação nas empresas, através de iniciativas de colaboração em esforços inovativos, provisão de infraestrutura e equipamentos, prestação de serviços tecnológicos, mentoria, difusão tecnológica e capacitação. Se, por um lado, estas experiências se mostram positivas e alinhadas com uma perspectiva sistêmica de política, por outro lado, ainda se verificam significativos desafios. Em primeiro lugar, não é explorado o potencial de atuação articulada destas diferentes redes de ICTs, perdendo a oportunidade de torná-las um braço estratégico de uma política nacional de inovação, que poderia promover uma maior difusão do estado da arte tecnológico para os mais diferentes setores e territórios. Em segundo lugar, há um amplo desafio de tornar efetivo o potencial capilaridade destas redes, abrangendo todo o país e chegando aos diversos territórios locais. Em terceiro lugar, há um desafio de amadurecimento das iniciativas, de forma a não estarem subordinadas aos ciclos políticos brasileiros, constituindo políticas de Estado.

##submission.downloads##

Publicado

2020-07-26