Inácio de Loyola: “Experiência-modelo” e educação ã liberdade

Autores/as

  • Paulo Roberto de Andrada Pacheco

DOI:

https://doi.org/10.31057/2314.3908.v1.n1.17572

Resumen

O artigo tem por objetivo analisar o processo civilizador empregado pelos jesuítas nas missões do Guairá entre os anos de 1609 e 1632, tendo como referência teórica central o conceito de negociação cultural, assim como concebido por Homi Bhabha (2010). De acordo com a nossa hipótese, a introdução da cultura eurocristã entre os Guarani se deu mediante intensa negociação cultural entre as partes envolvidas. As fontes que alimentam a nossa abordagem contemplam, sobretudo, os escritos do padre jesuíta Antonio Ruiz de Montoya.

Descargas

Publicado

2013-08-10

Cómo citar

Pacheco, P. R. de A. (2013). Inácio de Loyola: “Experiência-modelo” e educação ã liberdade. Antiguos Jesuitas En Iberoamérica, 1(1), 67–91. https://doi.org/10.31057/2314.3908.v1.n1.17572