Fotojornalismo e subjetividade em tempos de ditadura: produção de sentidos e suas relações com os feminismos

Autores/as

  • Elaine Schmitt Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil

Palabras clave:

Fotojornalismo, Feminismos, Ditadura militar

Resumen

Este artigo busca refletir sobre as divergências impressas na construção do olhar fotojornalístico atravessado pela lógica cultural binária, que se divide entre masculino e feminino. A partir de produções fotojornalísticas de Rosa Gauditano e Evandro Teixeira, realizadas durante a ditadura militar brasileira de 1964, e de depoimentos de outras fotojornalistas brasileiras, provocamos uma releitura interdisciplinar sobre a possível divisão de olhares em cotejamento com os textos de Veiga (2012), Hall (2006), Alvarez (2016), entre outros e outras. Os resultados preliminares revelam a existência de um elemento possivelmente transformador no processo de produção de mulheres fotojornalistas brasileiras: a influência dos movimentos feministas.

 

Citas

Alvarez, Sonia E. (2014): “Para além da sociedade civil: reflexões sobre o campo feminista”. Cadernos Pagu, Campinas/SP: Núcleo de Estudos Pagu, N° 43, pp. 13-56.

Barros, Mercedes (1989). In: Magalhães, Angela et. al., MULHERES Fotógrafas - Anos 80, Ministério da Cultura/FUNARTE, Rio de Janeiro.

Berger, Peter; Luckmann, Thomas (1998): A construção social da realidade, Vozes, Petrópolis.

Biroli, Flávia (2010): “Gênero e política no noticiário das revistas semanais: ausências e estereótipos”, Cadernos Pagu, Campinas, Vol. 34, pp. 269-299.

Boni, Paulo César (2015): Anos de Chumbo X Anos de Ouro: censura e criatividade no fotojornalismo brasileiro durante o AI-5 (1968-1978), Relatório pós-doutoral, USP, São Paulo, 2015. Diponível em: http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/webform/projetos/pos-doc/Relat%C3%B3rio%20final%20PB.pdf?keepThis=true&TB_iframe=true&height=500&width=800.

Buitoni, Dulcilia Schroeder (2011): Fotografia e Jornalismo: a informação pela imagem, Saraiva, São Paulo.

Butler, Judith (2003): Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade, Editora Civilização Brasileira, Rio de Janeiro. (Original publicado em 1990).

Charaudeau, Patrick (2010): Discurso das mídias, Contexto, São Paulo.

Claasen e Ferreira (2018): “Mulheres no Fotojornalismo Brasileiro: Da quase invisibilidade nas premiações às reações nos movimentos de fotógrafas”, trabalho apresentado na IJ 1 – Jornalismo do XXIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste, Belo Horizonte.

Cupello, América (1989): MULHERES Fotógrafas - Anos 80, Ministério da Cultura, FUNARTE, Rio de Janeiro.

De Luca, Tânia Regina (2011): “A grande imprensa na primeira metade do século XX”, in: Martins, Ana Luiza e De Lucca, Tânia Regina, História da Imprensa no Brasil, Contexto, São Paulo, pp. 149-175.

Dubois, Philippe (1993): O ato fotográfico e outros ensaios, Papirus, Campinas, SP.

Grossi, Miriam Pilar (1994): “Velhas e Novas Violências Contra A Mulher: 15 Anos de Lutas e Estudos Feministas”, Revista Estudos Feministas (UFSC. Impresso), pp. 473-484.

Foucault, Michael (1977): História da Sexualidade I: a vontade de saber, Graal, Rio de Janeiro.

Hall, Stuart (2006): A identidade cultural na pós-modernidade, DP & A, Rio de Janeiro.

Munteal, Oswaldo (2005): A imprensa na história do Brasil: fotojornalismo no século XX, Desiderada, Rio de Janeiro.

Oliveira, Erivam Morais; De, Vicentini, Ari (2009): Fotojornalismo: uma viagem entre o analógico e o digital, Cencage, São Paulo.

Passerini, Luisa (2011): A memória entre política e emoção, Letra e Voz, São Paulo.

Pedro, Joana Maria (2017): “Viver o gênero na clandestinidade”, in: Rovai, Marta, História Oral e Mulheres, Letra e Voz, São Paulo.

Perrot, Michele (1989): “Práticas da memória feminina”, Revista Brasileira de História, Vol. 9, Nº18, pp. 9-18.

Perrot, Michele (2005): As mulheres ou os silêncios da históri,. Edusc, Bauru.

Pontes, Felipe S (2017): “Desigualdades estruturais de gênero no trabalho jornalístico: o perfil das jornalistas brasileiras”, E-compós, Vol.20, Nº 1. Disponível em: http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/viewFile/1310/925. Acessado em 29 de janeiro de 2019.

Salvatici, Sílvia (2005): “Memórias de gênero: reflexões sobre a história oral de mulheres”, História Oral, Nº 8, pp. 29-42.

Scott, Joan (1992): “História das Mulheres”, in: Burke, Peter (Org.), A Escrita da História, UNESP, São Paulo, pp. 63-95.

Scott, Joan (2005): “O enigma da igualdade”, Estudos Feministas, Vol.13, Nº1, pp.11-30.

Sousa, Jorge Pedro (2002): Fotojornalismo: uma introdução à história, às técnicas e à linguagem da fotografia na imprensa, Biblioteca On-Line de Ciências da Comunicação (BOCC), Porto. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/sousa-jorge-pedro-fotojornalismo.pdf. Acessado em 29 de janeiro de 2019.

Swain, Tania (1996): “A construção imaginária da história e dos gêneros: o Brasil no século XVI”, Textos de História, Vol. 4, Nº 2, pp. 130-150.

Teixeira, Evandro (2008): 68: Destinos. Passeata dos 100 Mil, Textual, Rio de Janeiro

Tilly, Louise A. (1994): “Gênero, história das mulheres e história social”, Cadernos Pagu. Vol.3, pp. 28-62.

Veiga, Marcia (2012): “Gênero: um ingrediente distintivo nas rotinas produtivas do jornalismo. Estudos de Jornalismo e Mídia”, Vol. 9, Nº 2, pp. 490- 505.

Tuchman, Gaye (1976): Making news: A study in the construction of reality, The Free Press, New York.

##submission.downloads##

Publicado

2019-12-01

Cómo citar

Schmitt, E. (2019). Fotojornalismo e subjetividade em tempos de ditadura: produção de sentidos e suas relações com os feminismos. Revista De La Red Intercátedras De Historia De América Latina Contemporánea, 2(11), 99–123. Recuperado a partir de https://revistas.unc.edu.ar/index.php/RIHALC/article/view/26668