Êxodo de cérebros

Autores/as

  • Marco Antônio Dias

Resumen

O problema do êxodo de cérebros volta à atualidade. Era tema de debates frequentes nos anos oitenta e em nos anos noventa muitos preferiram passar a discutir atitudes positivas em busca de uma cooperação solidária que evitasse o fenômeno. Já, a partir dos anos noventa, com o desenvolvimento da globalização financeira de um lado e dos intentos de comercialização do ensino superior de outro, a situação mudou. Fala-se de cooperação quando o objetivo é vender produtos e lançam-se documentos politicamente corretos em que a solidariedade e o respeito de culturas é mencionado, mas o que se busca é utilizar a formação como fonte de renda e promover, por diversas maneiras, uma política de seleção promovendo políticas de imigração que visam, em realidade, a pilhagem dos melhores cérebros do mundo inteiro.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Associação de Universidades Europeias. (2010). Livro Branco da Cooperação universitária para o desenvolvimento entre a África e a Europa: enfrentar os desafios regionais e globais. Brussels, Belgium: CRUE-CICUE-OCUD.

Kaemp, S. & Singh, S. (1987). Le problème de l’exode des compétences: causes, conséquences et remèdes et rôle de l’UNESCO à cet egard. (172a sessão do Conselho da UNESCO). Recuperado http://unesdoc.unesco.org/images/0007/000752/075 299FO.pdf

Nowell-Smith, D. (27 de fevrereiro de 2011) Aumento da concorrência entre os estabelecimentos: triplicação das despesas de inscrição (anuidades): Futuros eleitorais amargos para a universidade britânica. Le Monde Diplomatique. pp. 4-5.

Piovezan, S. (29 de janeiro de 2008). Avec le Programme Erasmus Mundus, l’Europe cherche à attirer la crème des étudiantes étrangers. Le Monde Diplomatique.

Schuster, J. H. (1994). Emigration, Internationalization and Brain Drain: Propositions among British Academics. High Education, 28(4) pp. 437-452.

Shabani, J. (1993). Africa. In Craft, A. (Edit.), International Developments in Assuring Quality in Higher Education. Montreal, Canada: Falmer Press.  Tapie, P. (28 de fevereiro de 2011). Triplons notre capacité d ́accueil!. Le Monde Diplomatique.

Publicado

2015-11-08

Cómo citar

Dias, M. A. (2015). Êxodo de cérebros. Integración Y Conocimiento, 4. Recuperado a partir de https://revistas.unc.edu.ar/index.php/integracionyconocimiento/article/view/12543

Número

Sección

Dossier: "Internacionalización de la Educación Superior: lo local y lo global". Primera Parte.