A idea de Comunidade universal em Francisco Suárez

Autores/as

  • Pedro Calafate

DOI:

https://doi.org/10.31057/2314.3908.v5.n2.17763

Palabras clave:

Estado, humanidade, Lei Natural, Direito das Gentes, paz

Resumen

Estudamos o modo como Suárez aprofundou uma tradição decisiva para fortalecer a ideia de comunidade universal de natureza supraestatal, assente em regras morais superiores à soberania dos estados, tendo como fundamento a dignidade da pessoa humana, a unidade do género humano, o bem comum universal e a igualdade natural das soberanias do orbe, tanto do ponto de vista do domínio de jurisdição como no de propriedade, suportada por conceções democráticas sobre a origem do poder civil. Visava-se, assim, um conceito de comunidade não meramente internacional, mas propriamente universal, ao mesmo tempo que se proclamava a legitimidade das soberanias indígenas no Novo Mundo, porque o poder civil não radicava na fé ou na caridade mas sim na razão natural e na sociabilidade dos homens.

Biografía del autor/a

Pedro Calafate

Universidade de Lisboa / Faculdade de Letras.

##submission.downloads##

Publicado

2017-08-29

Cómo citar

Calafate, P. (2017). A idea de Comunidade universal em Francisco Suárez. Antiguos Jesuitas En Iberoamérica, 5(2), 48-65. https://doi.org/10.31057/2314.3908.v5.n2.17763